Lobices

…meiguices de lobos e não só…

>intervalo

>

“…cheguei à conclusão que tenho necessidade de fazer uma pequena pausa… uma leve paragem no caminho… apenas como quem pára numa estação de serviço de uma auto estrada para relaxar os membros e encher o peito de ar… uma espécie de lufada de ar fresco para o interior de mim mesmo… uma espécie de reflexão… não, não me vou candidatar à presidência; não é esse tipo de reflexão, é mais uma necessidade quase física de parar por uns tempos… pode ser um dia, uns dias, não sei ainda… mas preciso parar… fixei há tempos atrás um projecto meu para este ano que está a decorrer: iniciar o meu livro… e, hoje, tomei essa decisão, a de começar a elaborar o projecto, a dar-lhe a forma… vai ser uma tarefa árdua pois tratar-se-á de uma auto biografia e isso não é nada fácil de fazer… os “protagonistas” são reais e não inventados e isso é algo que não pode ser delineado levianamente… vou, pois, conceder a mim mesmo um pequeno intervalo para reflectir… no entanto, não vos abandonarei nem tão pouco abandonarei este meu pequeno livro de retalhos…”
Anúncios

28/07/2005 Posted by | Diversos | 60 comentários

intervalo

“…cheguei à conclusão que tenho necessidade de fazer uma pequena pausa… uma leve paragem no caminho… apenas como quem pára numa estação de serviço de uma auto estrada para relaxar os membros e encher o peito de ar… uma espécie de lufada de ar fresco para o interior de mim mesmo… uma espécie de reflexão… não, não me vou candidatar à presidência; não é esse tipo de reflexão, é mais uma necessidade quase física de parar por uns tempos… pode ser um dia, uns dias, não sei ainda… mas preciso parar… fixei há tempos atrás um projecto meu para este ano que está a decorrer: iniciar o meu livro… e, hoje, tomei essa decisão, a de começar a elaborar o projecto, a dar-lhe a forma… vai ser uma tarefa árdua pois tratar-se-á de uma auto biografia e isso não é nada fácil de fazer… os “protagonistas” são reais e não inventados e isso é algo que não pode ser delineado levianamente… vou, pois, conceder a mim mesmo um pequeno intervalo para reflectir… no entanto, não vos abandonarei nem tão pouco abandonarei este meu pequeno livro de retalhos…”

28/07/2005 Posted by | Diversos | | 30 comentários