Lobices

…meiguices de lobos e não só…

>palavra

>

O meu post da passada sexta-feira, terminava assim:
“…é isso que sinto, é isso que vivo neste meu tempo de agora, neste meu momento de estar na vida… amo e sou amado…”
…hoje, apetece-me apenas escrever meia dúzia de palavras; nada de especial; simples e sem floreados, sem rimas ou outro tipo de sombreados; aquelas formas que dão às palavras o sentido que queremos mas que, ao mesmo tempo, as embelezamos com serenos verbos ou calmos adjectivos… não, hoje quero apenas escrever palavras sobre sabores e saberes afectivos… aqueles que se vivem quando se ama e se é amado… nem é bem a palavra que procuro, talvez até nem exista, mas tenho-a aqui comigo e, para além dela, tenho o saber absoluto de que quem amo e por quem sou amado, também a conhece… basta-me então essa palavra, basta-me então, talvez e até, apenas a sua sonoridade… uma palavra simples e ao mesmo tempo enorme… hoje, apetece-me apenas dizer: “Tanto

14/11/2005 Posted by | Diversos | 20 comentários

palavra

O meu post da passada sexta-feira, terminava assim:
“…é isso que sinto, é isso que vivo neste meu tempo de agora, neste meu momento de estar na vida… amo e sou amado…”
…hoje, apetece-me apenas escrever meia dúzia de palavras; nada de especial; simples e sem floreados, sem rimas ou outro tipo de sombreados; aquelas formas que dão às palavras o sentido que queremos mas que, ao mesmo tempo, as embelezamos com serenos verbos ou calmos adjectivos… não, hoje quero apenas escrever palavras sobre sabores e saberes afectivos… aqueles que se vivem quando se ama e se é amado… nem é bem a palavra que procuro, talvez até nem exista, mas tenho-a aqui comigo e, para além dela, tenho o saber absoluto de que quem amo e por quem sou amado, também a conhece… basta-me então essa palavra, basta-me então, talvez e até, apenas a sua sonoridade… uma palavra simples e ao mesmo tempo enorme… hoje, apetece-me apenas dizer: “Tanto

14/11/2005 Posted by | Diversos | | 10 comentários