Lobices

…meiguices de lobos e não só…

>carnaval

>
.

“…no Carnaval toda a gente brinca e ninguém leva a mal; por isso, aproveitem o tempo das máscaras; vistam-se com as vossas melhores cores e aproveitem para se fazerem passar por pavões enquanto se pode porque o tempo vai mau para os pardais…”
Anúncios

24/02/2006 Posted by | Diversos | 24 comentários

carnaval


.

“…no Carnaval toda a gente brinca e ninguém leva a mal; por isso, aproveitem o tempo das máscaras; vistam-se com as vossas melhores cores e aproveitem para se fazerem passar por pavões enquanto se pode porque o tempo vai mau para os pardais…”

24/02/2006 Posted by | Diversos | | 12 comentários

>doce rosa

>
.

“…votos de uma boa semana para todos; como não podia deixar de ser, um pouco de rosa para embelezar o habitual fundo azul…”

20/02/2006 Posted by | Diversos | 24 comentários

doce rosa


.

“…votos de uma boa semana para todos; como não podia deixar de ser, um pouco de rosa para embelezar o habitual fundo azul…”

20/02/2006 Posted by | Diversos | | 12 comentários

>intervalo

>

“… bendito o intervalo de tempo e de espaço que nos separa de quando em quando… bendito o hiato entre o último abraço e o próximo, entre o último beijo e o que em breve trocaremos… bendito o intervalo que domina os nossos corpos quando eles se envolvem de novo numa dança de amor e ternura, na dança em que se revelam de novo um ao outro numa suave entrega e num delirante jogo de prazer… bendito o intervalo que nos faz doer e ao mesmo tempo saber que nos amamos em cada momento e milímetro do nosso ser… bendito o espaço que de longe se faz perto na espera do espaço que nos aproximará em breve e que, serenos na loucura da entrega, nos fará explodir na doçura desse nosso tão relaxante sorrir… nesse abraço que sabemos será apenas nosso ou nesse beijo que sabemos existir aqui bem dentro do nosso coração, beijo que nos permite suportar esta longa e ao mesmo tempo breve separação… bendito o intervalo que nos faz amar cada vez mais…”

14/02/2006 Posted by | Diversos | 40 comentários

intervalo

“… bendito o intervalo de tempo e de espaço que nos separa de quando em quando… bendito o hiato entre o último abraço e o próximo, entre o último beijo e o que em breve trocaremos… bendito o intervalo que domina os nossos corpos quando eles se envolvem de novo numa dança de amor e ternura, na dança em que se revelam de novo um ao outro numa suave entrega e num delirante jogo de prazer… bendito o intervalo que nos faz doer e ao mesmo tempo saber que nos amamos em cada momento e milímetro do nosso ser… bendito o espaço que de longe se faz perto na espera do espaço que nos aproximará em breve e que, serenos na loucura da entrega, nos fará explodir na doçura desse nosso tão relaxante sorrir… nesse abraço que sabemos será apenas nosso ou nesse beijo que sabemos existir aqui bem dentro do nosso coração, beijo que nos permite suportar esta longa e ao mesmo tempo breve separação… bendito o intervalo que nos faz amar cada vez mais…”

14/02/2006 Posted by | Diversos | | 20 comentários

>ponta

>
.

“…com estas novas tecnologias de ponta, venho desejar-vos um bom fim de semana; e não se esqueçam da velhinha esferográfica com a qual dantes se escreviam estas coisas…”

10/02/2006 Posted by | Diversos | 38 comentários

ponta


.

“…com estas novas tecnologias de ponta, venho desejar-vos um bom fim de semana; e não se esqueçam da velhinha esferográfica com a qual dantes se escreviam estas coisas…”

10/02/2006 Posted by | Diversos | | 19 comentários

>seduzir

>

“…talvez seja essa tua força, invisível aos olhos humanos, que me seduz… talvez sejam apenas os teus olhos ou até mesmo, como já o tenho dito muitas vezes, a tua boca… talvez seja essa tua fragilidade ou essa tua doçura… talvez a tua ingenuidade ou até mesmo a tua garra… talvez a tua voz ou mesmo até o teu silêncio… talvez o teu tudo ou o teu nada… talvez seja essa tua pose de fazer face à luta ou a tua lágrima sentida… talvez a tua revolta ou até mesmo a tua cedência… talvez apenas o teu toque, o teu cheiro ou o teu beijo… talvez apenas o seres apenas tu e eu ser apenas eu… mas que me seduzes de verdade, não o posso negar…”

08/02/2006 Posted by | Diversos | 22 comentários

seduzir

“…talvez seja essa tua força, invisível aos olhos humanos, que me seduz… talvez sejam apenas os teus olhos ou até mesmo, como já o tenho dito muitas vezes, a tua boca… talvez seja essa tua fragilidade ou essa tua doçura… talvez a tua ingenuidade ou até mesmo a tua garra… talvez a tua voz ou mesmo até o teu silêncio… talvez o teu tudo ou o teu nada… talvez seja essa tua pose de fazer face à luta ou a tua lágrima sentida… talvez a tua revolta ou até mesmo a tua cedência… talvez apenas o teu toque, o teu cheiro ou o teu beijo… talvez apenas o seres apenas tu e eu ser apenas eu… mas que me seduzes de verdade, não o posso negar…”

08/02/2006 Posted by | Diversos | | 11 comentários

>sermos

>

“…nem sempre as acções completam as palavras ou vice-versa… por vezes, ficam-se por si mesmas e são suficientes; outras vezes, não… por vezes, pensamos ter dito tudo o que havia para dizer mas depois agimos de outra forma e lembramo-nos que ficou algo por fazer ou até mesmo somente por dizer… e, nessas alturas, perguntamos a nós mesmos onde falhámos ou por que razão falhámos e surge a culpa, o sentimento de culpa por termos falhado, por não termos dito ou por não termos estado… acontece na vida, a todo o momento, sem darmos por isso; atarefados que estamos com nós mesmos, esquecemo-nos que podemos, sem querer, ferir os outros… então, ferimos os outros não por voluntariedade mas sim por leviandade… e, muitas vezes, quase sempre, bastava estarmos atentos… esquecemo-nos de olhar, de ouvir, de sentir e só nos preocupamos com o nosso ser e estar… é preciso, pois, vivenciar em comunhão e estarmos atentos a tudo o que nos rodeia; agir dando uma mão ou uma palavra; agir escutando e dando um sorriso; dizer o que queremos e dizer o que temos para dar… ser e estar em conjunto com nós mesmos e com todos num só ser e estar…e para isso só há uma forma para lá chegarmos: amar…”

06/02/2006 Posted by | Diversos | 20 comentários

sermos

“…nem sempre as acções completam as palavras ou vice-versa… por vezes, ficam-se por si mesmas e são suficientes; outras vezes, não… por vezes, pensamos ter dito tudo o que havia para dizer mas depois agimos de outra forma e lembramo-nos que ficou algo por fazer ou até mesmo somente por dizer… e, nessas alturas, perguntamos a nós mesmos onde falhámos ou por que razão falhámos e surge a culpa, o sentimento de culpa por termos falhado, por não termos dito ou por não termos estado… acontece na vida, a todo o momento, sem darmos por isso; atarefados que estamos com nós mesmos, esquecemo-nos que podemos, sem querer, ferir os outros… então, ferimos os outros não por voluntariedade mas sim por leviandade… e, muitas vezes, quase sempre, bastava estarmos atentos… esquecemo-nos de olhar, de ouvir, de sentir e só nos preocupamos com o nosso ser e estar… é preciso, pois, vivenciar em comunhão e estarmos atentos a tudo o que nos rodeia; agir dando uma mão ou uma palavra; agir escutando e dando um sorriso; dizer o que queremos e dizer o que temos para dar… ser e estar em conjunto com nós mesmos e com todos num só ser e estar…e para isso só há uma forma para lá chegarmos: amar…”

06/02/2006 Posted by | Diversos | | Deixe um comentário

>purificar

>
.

“…os raios solares infiltram-se por todos os lados, por todos os poros, por todos os cantos… que eles também vos iluminem o fim de semana que se aproxima, com paz, muita luz e harmonia…”

03/02/2006 Posted by | Diversos | 20 comentários

purificar


.

“…os raios solares infiltram-se por todos os lados, por todos os poros, por todos os cantos… que eles também vos iluminem o fim de semana que se aproxima, com paz, muita luz e harmonia…”

03/02/2006 Posted by | Diversos | | 10 comentários