Lobices

…meiguices de lobos e não só…

>desnudo-me

>“…vá, tirem-me tudo… eu me desnudo num gesto simples e urgente… tu e toda a gente… tirem-me tudo, tirem-me o corpo, a alma, o sorriso e a calma… tirem-me o juízo, a paz, a rectidão… tirem-me o siso, o beijo e o riso… tirem-me o sol e a lua… façam um longo rol… tirem-me tudo… eu me desnudo… tirem-me a pele, a voz, o coração… tirem-me as mágoas, as roupas e a saudade… tirem-me o peito, o respeito e a verdade… tirem-me o ontem, o hoje e o amanhã… tirem-me tudo mesmo que seja já… eu me desnudo… façam uma lista e de nada se esqueçam… façam revista… tirem-me tudo à chegada ou à partida… tirem-me tudo que eu me desnudo e à vossa disposição me ponho… mas, por favor, não me tirem o sonho…”

20/02/2008 - Posted by | amar

2 comentários »

  1. >Pois, mas o grave é que ser mesmo o sonho que nos estão a roubar!!Abraço.

    Comentar por São | 20/02/2008 | Responder

  2. >Os sonhos morrem quando se tornam realidade e essa às vezes pode ser um pesadelo. Podem morrer mas temos uma capacidade infinita de os fazer voltar. Qual fénix renascida. Essa é a minha esperança.Um beijinho. Obrigada pela visita e pelas palavras deixadas no meu canto. Foi com prazer que li o que por aqui está

    Comentar por Gi | 20/02/2008 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: