Lobices

…meiguices de lobos e não só…

Ausências

“…sinto-me ausente de mim na presença constante do outro eu que me habita… sei que, quando quer, ainda hesita mas persiste na dual sensação de me conquistar ou repudiar… não sei como lhe ripostar, se com força ou se me deixe levar… deixar-me levar nos seus sonhos e perder as minhas realidades ou se, pelo contrário, apear-me na realidade e deixá-lo a ele sonhar sozinho… estranho caminho este de se ser uma presença e estar ausente dela ou será que sou uma ausência presente em mim mesmo?… vou tentar descobrir e se nada encontrar, então vou-me rir de mim mesmo, rir às gargalhadas das presenças alheadas ou das ausências que me são apresentadas… tanto faz… qualquer delas me traz a quietude inquieta da minha própria ausência presente…”

08/07/2009 Posted by | Diversos | Deixe um comentário