Lobices

…meiguices de lobos e não só…

A inteligência do meu Black

1389“…tal como já vos havia contado, no dia 20 de Setembro de 2004, o meu amigo Black foi atropelado por um outro animal que nem sequer parou apesar de ter dado pelo evento… na altura, e como existia aqui ao lado uma Clínica Veterinária, o Black foi lá internado e bem tratado… aos poucos lá foi recuperando e passado um mesito voltou ele novamente à “brincadeira” preferida que é andar a ladrar aos carros que passam… é um cão conhecido de toda a gente e todos gostam dele porque ele gosta de todos…

…no dia 15 de Dezembro de 2004, de manhã (eu não estava em casa mas minha mãe me contou e depois vim a saber o resto) o Black surge aflito na cozinha aqui de casa, muito cansado, língua de fora e a pingar sangue… minha Mãe aflita gritou por ele mas ele deve-se ter assustado e então fez o seguinte:
 
– desceu as escadas da varanda das traseiras , rumou ao portão, lado da rua, saiu para a rua e dirigiu-se à Clínica… subiu as escadas desta, entrou na sala de espera, entrou pelo corredor adentro e entrou na sala de consultas onde se encontrava a Médica de serviço… já junto dela, com a pata chamou-lhe a atenção e ela viu de imediato que o animal estava ferido!…
 
 
…falei depois com o Médico, o Dr. João, que me disse que provavelmente o Black teria de ser operado para extração do olhito traumatizado…
 
…o Black não pode ser preso a uma corrente… o Black é o espírito da liberdade e eu não o farei nunca… por outro lado, o próprio Médico diz que prefere ver o Black morrer atropelado, mas feliz, do que morrer aprisionado e infeliz…
 
…não conheço (nem os Veterinários conhecem) caso algum em que um animal tenha recorrido por si mesmo ao “seu” médico para ser tratado!…
…digam-me se isto não é um puro exemplo de pura inteligência…
…digam-me se não é motivo para amar ainda mais os animais…
…para todos vós, um sorriso do Black (porque apesar de tudo, ele ainda está cá, à Camões como eu digo,  mas ainda com um sorriso no focinho…”

05/08/2009 - Posted by | Diversos

3 comentários »

  1. eu que amo desmesuradamente os animais adoro estas histórias.o rapaz é giro. que idade tem? um olho a mais ou a menos não é nada. cá por mim, podia abrir um hospital: tenho uma cadela paralítica, uma gata insuficiente renal e vou ficar com um gato com sida, tb cego de um olho…
    a visão de cães presos deprime-me, fico doente.

    Comentar por zoe | 05/08/2009 | Responder

  2. Também eu amo os animais ditos irracionais… também eu recebo deles provas quase diárias de inteligência… e prefiro-os aos outros, aos ditos racionais, que são capazes de atropelar e fugir…que são capazes de prender, de torturar e de matar, por vezes de forma verdadeiramente bárbara…amo a “irracionalidade” dos nossos amigos de 4 patitas!

    Um beijinho ao Black e ao seu dono!

    Comentar por Alexandra | 07/08/2009 | Responder

  3. Linda História, lindo cão, inteligente e isto faz-me pensar nalguns animais que tive, e que me fizeram, por vezes, gostar mais de animais do que de pessoas. Sei que isto não é consensual, mas só tenho tido gratidão dos meu animais, de algumas pessoas, nem tanto.
    Fiquei emocionada!
    Abraço
    Luisa

    Comentar por Luisa Moreira | 08/08/2009 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: