Lobices

…meiguices de lobos e não só…

>Dia dos Namorados

>– Como se ama?… perguntou-me ele com aquele olhar tímido
– É simples; primeiro é preciso querer amar; depois, ama-se, respondi-lhe
– Como assim?… notei-lhe incredulidade no olhar
– Só se ama quando queremos isso; nunca conseguiremos amar se não o quisermos; por muito que se teime em fazer uma dada tarefa, se não acreditarmos no que estamos a fazer e se não a quisermos fazer, a tarefa jamais termina, ou se termina, não sairá perfeita. Com o “amar” é a mesma coisa: temos que querer amar e então, sabendo que queremos “isso”, é fácil amar
– Fácil?… interrogou
– Sim, fácil porque estarás a fazer algo que queres; se não quiseres amar não o vais conseguir
– Pois… olhou para o chão e perguntou novamente: – Disseste que primeiro era preciso querer; isso quer dizer que há mais alguma condição?
– Claro, respondi-lhe com um sorriso; segundo, é preciso crer!…
– Como assim?
– Tal como disse: querer amar e crer nessa forma de amar
– Bolas!… Assim é muito dificil…
– Claro que é!… Quem te disse que amar era fácil?
…olhou para mim, sorriu e correu escadas abaixo… espreitei pela janela; no pátio, a Teresinha (a amiguinha dele) esperava-o com um brilho no olhar! …Limitei-me a sorrir!…

Anúncios

14/02/2011 Posted by | Diversos | 1 Comentário